Siga o Futsal Araçariguama

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Araçariguama confirma participação nos jogos aberto do interior


Araçariguama confirmou esta semana a participação nos Jogos Abertos do Interior  em duas modalidades, Futsal masculino livre e Tênis masculino sub 21. A competição deste ano acontece na cidade de Mogi das Cruzes.

O Congresso Técnico dos 75º Jogos Abertos do Interior “Horácio Baby Barioni” esta marcado para o dia 22 de outubro, as 10h, no auditório do CEMFORPE, no bairro Nova Mogilar. Será o primeiro grande evento da competição, onde reunirá representantes de 233 cidades inscritas para o evento, que acontece entre os dias 7 e 19 de novembro.

Os prováveis adversários do Tênis Masculino  sub 21 de Araçariguama serão: Osasco, Guarulhos, Caçapava, Botucatu, Bragança Paulista, Tupi Paulista, Sorocaba, Assis, Orlândia, Sertãozinho e Araçatuba.
Os prováveis adversários do Futsal Masculino Livre são: Pinhal, Osasco, Cubatão, Sertãozinho, Mirassol, Pilar do Sul, Penapólis, Mauá, Taubaté, Pereira Barreto e Serrana.

História
A história dos Jogos Abertos do Interior começou em 1936, quando foi organizada a primeira edição da competição, em Monte Alto, interior de São Paulo. À frente dessa empreitada estavam Horácio “Baby” Barione, ex-jogador de basquete de importantes clubes da capital paulista, e Manuel Carvalho Lima, então presidente da Associação Montealtense.
Com o nome de “Campeonato Aberto do Interior”, a competição reuniu seis cidades que disputaram jogos de basquete. O título ficou com a cidade mineira de Uberlândia, que jogou contra Franca, Mirassol, Monte Alto, Olímpia e Piracicaba.
Em 1937, os Jogos Abertos aconteceram em Uberlândia. Essa foi a única vez em que a competição aconteceu em uma cidade fora do Estado de São Paulo. Mais uma vez, os mineiros conquistaram o título. Nesse ano, a novidade foi a integração da modalidade natação às disputas.

No ano seguinte, os Jogos Abertos do Interior ganharam o reforço das competições de atletismo. Na competição realizada em Sorocaba, Uberlândia conquista o seu tricampeonato, curiosamente na sua última participação. Com três modalidades, o evento começou a ganhar as suas características atuais e abriu espaço para a entrada de mais modalidades, se transformando na maior festa esportiva do Estado de São Paulo, em que competem todos os anos os maiores atletas do Brasil.

Nesses 75 anos, apenas uma vez os Jogos Abertos não aconteceram. Foi em 1989, quando uma greve de professores da rede estadual de ensino inviabilizou a utilização das escolas estaduais como alojamento. As competições voltaram no ano seguinte, com a disputa na cidade de Araçatuba.

Em 2008, outra novidade importante foi implantada: a separação das cidades em duas divisões. Naquele ano, 12 cidades participaram da 1ª Divisão, enquanto o restante esteve na 2ª Divisão. Desde então, essa estrutura foi mantida, e hoje teremos 14 representantes na 1ª Divisão: a cidade sede, as campeãs das oito regiões esportivas que disputam os Jogos Regionais, a campeã, a vice e a terceira colocada da 1ª Divisão dos Jogos Abertos de 2010 e as duas melhores cidades da 2ª Divisão de 2010. E assim, com uma história repleta de vitórias, superação e muito esporte, os Jogos Abertos chegam a Mogi das Cruzes para a disputa de sua 75ª edição, que vai reunir mais de 15 mil atletas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário